Caipira Nato

Zezé Di Camargo

0%


Start

Verse

Intro
G G G G G 
     


Verse
G                                    C     C 
Venho do rancho de onde a paz não se cansa  

D7                                  G      C 
Venho da margem do rio de águas tão mansas  

G                                          C 
Venho da estrada que morre  no mataburro  

D                                 G    G 
Venho do pasto do gado e do leite puro  

D                     C 
Venho da mata fechada do piquete da invernada 

G                                       D 
Venho da mina que mina minha inspiração  


Chorus
D                            C                 C 
Venho do romper da aurora do ponteiro da viola  

G             C                      G C G 
Desse recanto encanto do meu coração    

C                 D      D 
Arauê sou caipira  nato  

G     C D            G    C D 
Arauê  sou bicho do mato   

G                              C 
Venho do  da poeira da velha porteira que o tempo fechou 

D              C                 G         D 
Venho da chuva serena que o chão encharcou  


Verse
G                                 C 
Venho  do  da serra pedaço de terra de um sonho sem fim 

D               C              G      D 
Vida matuta que nunca vai sair de mim  


Chorus
G C                 D      D 
 Arauê sou caipira  nato  

G     C                   C 
Arauê  sou bicho do mato  


Verse
G  C                                       C     C 
Oh  Venho da sombra do angico que cobre o paiol  

D                                 G     C G 
Venho da água da mata da pesca de anzol   

G                                 C       C 
Venho do fogão de lenha que torra farinha  

D                                    G 
Venho da toca que mora o Tatugalinha  

D                         C                      C 
Venho da flor da paineira  do véu da cachoeira  

G                                     D        D 
Venho do sol que se esconde no fim do rincanto  


Chorus
D                        C                     G 
Venho da estrela cadente do luar incandescente  

G             D 
Desde recanto encanto do meu coração 

G C D G 
    

      C             D      D 
Arauê  sou caipira  nato  

G     C D            G    C 
Arauê  sou bicho do mato  


Bridge
G                              C 
Venho do  da poeira da velha porteira que o tempo fechou 

D                     C            G         D D7 
Venho da chuva serena  que o chão encharcou   

G                                 C 
Venho  do  da serra pedaço de terra de um sonho sem fim 

D               C              G 
Vida matuta que nunca vai sair de mim 


Chorus
C G       C             D 
  Arauê  sou caipira nato 

      D G C              G    D G 
Arauê    sou bicho do mato   

      C             D 
Arauê  sou caipira nato 

          D     G C D    G    G 
Arauê sou bicho    do mato  

                     G 
 dizia o meu velho pai 

      G           G 
Filho  você pode sair da roça 

G 
Mas a roça não sai de você 

    G 
Não  sai 

C D G C D G C D 
        


Outro
G          C D G G 
Arauê rere     rere 

G 
Arauê rere rere 

      G         G G 
Arauê rere rere   


End
G 
 

Transpose
PitchShift
Speed
capo

Frequently asked questions about this recording

  • Do you know the artist that plays on 'Caipira Nato' ?
  • What chords are in Caipira Nato?
  • What tempo should you practice Caipira Nato by Zezé Di Camargo?
  • What key does Caipira Nato have?
  • When did Caipira Nato hit the market?